MISS E MISTER ESCOLA 2018/2019

I.G.

Numa iniciativa da Associação de Estudantes, decorreu, no dia 30 de janeiro, no Salão Polivalente, um concurso de beleza entre os estudantes pare eleger os mais bonitos e elegantes, de entre os candidatos.

O júri, composto por estudantes, funcionários e professores, observou atentamente os concorrentes, que desfilaram em três categorias: casual, desportivo e gala. Tendo em conta os critérios de seleção, foi eleita Miss Escola uma aluna do 8º ano, a linda Sara ????, que desfilou com elegância e estilo; o prémio de Mister Escola foi para o Diogo Oliveira, do 12º ano, que passeou pela passerelle com segurança e muito charme.

Mas o entretenimento e a criatividade também se fizeram apreciar, tendo arrecadado este prémio o aluno do 11º ano, Fábio Santos, que, ente muitos aplausos, sempre que desfilava, fez as delícias dos espetadores e do júri, ao desfilar, nas três categorias, desfilando vestido de mulher.

No final do desfile foram entregues os respetivos prémios, um perfume Tommy para Ele e outro para Ela. Os restantes concorrentes também receberam prémios de participação.

 

VAMOS AO TEATRO!

I.G.

 

O teatro é uma das mais antigas expressões artísticas do homem. Tem origem no verbo grego “theastai” (ver, comtemplar, olhar) e no vocábulo grego “théatron” (o lugar onde se vê). Assim, o texto dramático é um texto que se destina à representação e define-se pela sua característica dialogal, pelo que faz todo o sentido que os alunos vão ao teatro, pois só assim poderão apreender o verdadeiro sentido do que é uma peça de teatro.

Foi com este espírito que os alunos da escola sede do agrupamento se deslocaram ao Centro Cultural dos Condes, no passado dia 18 de Janeiro, a fim de assistirem à peça de teatro Contrabando, uma co-produção do Teatro Municipal de Bragança e do Teatro da Garagem, uma companhia de teatro experimental, de Lisboa, já com trinta anos de actividade.

Conforme se pode ler no folheto de divulgação da peça, Contrabando é um espectáculo que tem na base da sua conceção a recolha de vários depoimentos de pessoas ligadas à atividade do contrabando, nomeadamente contrabandistas e guardas-fiscais, nas décadas de 60 e 70, do século passado, nas zonas de fronteira entre Portugal e Espanha de Trás-os-Montes, mais particularmente Montesinho, no concelho de Bragança, Vilar de Perdizes, no concelho de Montalegre, Soutelinho da Raia, do concelho de Chaves, e Moimenta, no concelho de Vinhais.

Dado que a actividade do contrabandista se realizava pela calada da noite, faz todo o sentido que Contrabando seja um “espectáculo em contraluz, nocturno, de quem anda cautelosamente, pé-ante-pé, atento, num estado de vigilância permanente, tentando recriar os estados de espírito e as condições de vida desse povo heroico que nos anos 60 e 70 se dedicou ao contrabando para poder dar uma vida melhor aos filhos”, lê-se no folheto explicativo.

A proximidade da fronteira da Moimenta, onde existe o Museu do Contrabando, e provavelmente o conhecimento de narrativas feitas pelos próprios protagonistas a alguns dos alunos da escola, serviram como motivação acrescida para “vivenciarem” de perto os dramas dos contrabandistas, permanentemente alerta, pois os guardas-fiscais, dos dois lados da fronteira, tinham como missão vigiar a “raia” e não deixar passar ninguém, nem que fosse a tiro!

Os vários quadros que constituem a peça dramática retratam com enorme vivacidade todas as dificuldade, medos e preces que faziam parte de cada “viagem” destes contrabandistas.

A exposição patente no Centro Cultural sobre a mesma temática, contribuiu para um conhecimento mais aprofundado de um determinado momento da história do concelho de Vinhais.

 

 

SALAS DE AULA FRIAS LEVAM  ALUNOS A PROTESTO

I.G.

O dia 16 de Janeiro foi o dia escolhido pelos alunos da escola sede para levarem a cabo uma manifestação de desagrado face às condições em que têm de ter aulas, sobretudo, devido ao frio e às temperaturas baixas que se registam nas salas de aula.

Assim, nesse dia, os alunos fecharam os portões de acesso ao interior da escola a cadeado e recusaram-se a ir às aulas como forma de chamarem a atenção das entidades responsáveis para a necessidade de serem levadas a cabo obras que minimizem as más condições que se fazem sentir em todos os espaços escolares, mas, sobretudo, nas salas de aula.

Segundo a presidente da Associação de Estudantes, Inês Guedes, com este protesto os alunos querem dar alguma visibilidade “às más condições em que os alunos assistem às aula, pois as salas estão muitos frias, fazendo com que os alunos tenham de vir para a escola com mantas, e usar gorros e luvas nas salas.” Acrescentou que, embora os aquecedores até estejam ligados, o sistema de aquecimento não é eficaz, pois a construção do edifício já é antiga e as janelas não deixam que o calor fique retido no interior das salas, daí a urgência de obras.

Também a presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação se juntou ao protesto, em solidariedade com os alunos da escola, e corroborando a necessidade urgente de intervenção no edifício.

Entretanto, quer o Diretor do Agrupamento quer o Presidente da Câmara Municipal de Vinhais estão convictos de que, brevemente, a escola será objecto de requalificação, pois estão já em marcha as diligências necessárias para que o início das obras se torne uma realidade ainda no decorrer deste ano.

 

                                                                              

MAGUSTO ESCOLAR 2018

 

Castanhas, uma boa fogueira e bolo são os ingredientes habituais e indispensáveis no tradicional magusto escolar da escola sede do Agrupamento de Escolas de Vinhais.

Na passada terça feira, treze de novembro, realizou-se mais uma vez, numa parceria entre a Associação de Estudantes da Escola e a Direção do Agrupamento, e com a colaboração da meteorologia, que não deixou chover. Acendida a fogueira, foram lançadas as castanhas e esperou-se que ficassem assadas, para as retirar do lume e comê-las bem quentinhas. Enquanto se esperava, a diversão foi animando o fim de tarde, quer com o rebentamento de algumas castanhas, quer com o saltar da fogueira pelos mais afoitos. Um grande bolo de chocolate, oferecido pela Direção da escola, e sumos fizeram a delícia de todos: alunos, professores e funcionários.

Como não podia deixar de ser, a luta do “folisco” também teve lugar e muitos alunos saíram da escola irreconhecíveis, tal era a “enfarruscadela” dos rostos. O propósito foi animar a comunidade escolar e manter a tradição, e ambos os objetivos foram conseguidos.

I.G.

 

Halloween

 

O Halloween voltou à nossa escola no passado dia 31 de outubro, mas desta vez assinalado por um Concurso de Vassouras entre outras diabruras. Esta aliciante atividade teve a participação de 74 alunos, pertencentes aos diversos anos e ciclos de ensino.

Os prémios foram entregues às três melhores vassouras disfarçadas das mais originais e “horrendas” figuras. O primeiro e segundo lugares foram atribuídos a dois alunos do 7ºB e o terceiro a um aluno do 5ºB.

No final, todos os concorrentes obtiveram diplomas de participação, acompanhados das respetivas doçuras (por oposição às travessuras), caraterísticas do tradicional “Trick or Treat”.

Algumas turmas enfeitaram as portas das suas salas; outras resolveram quizzes alusivos a esta festividade.

Este ano, para variar, não houve “Casa Assombrada”, mas todos ficaram assombrados com os enfeites e com a magia a que esta tradição, tipicamente britânica, nos tem vindo a habituar.

Um agradecimento especial para os alunos das turmas do 11º e 12º anos dos Cursos Profissionais que ajudaram na decoração do espaço. 

 

 

Dia Mundial da Luta contra o Cancro da mama

 

Esta atividade foi realizada no dia 23 de Outubro com o desafio a toda a comunidade escolar para que neste dia trouxessem uma peça de roupa cor-de-rosa, um ato simbólico e de solidariedade para com quem sofre ou já sofreu com esta doença. Este desafio foi aceite e a escola nesse dia ficou colorida numa onda rosa. Esta atividade foi um sucesso e os nossos objetivos foram alcançados.

A coordenadora da saúde escolar

Isabel Carreira

 

 

Joomla Template by Joomla51.com